sábado, 21 de julho de 2018

Pastor Daniel Rocha Assume o Setor 4 - Santana



Novo Pastor na direção da AD Belém Setor 04 - Santana 


Na noite da última sexta-feira, 20 de julho de 2018, o pastor presidente, José Wellington Bezerra da Costa esteve conduzindo no templo-sede da Assembleia de Deus - Ministério do Belém - Setor 04 - Santana, mais um culto de transição Pastoral.
Na ocasião, após 33 anos de um profícuo trabalho, o pastor Evandro de Souza Lopes, foi jubilado e assumiu a direção do Setor em seu lugar o pastor Daniel Medeiros da Rocha, que há 13 anos esta na liderança do Setor 18 - Vila Espanhola,
A reunião contou com a presença de parte da diretoria da Igreja e alguns pastores setoriais, além de membros e obreiros do Setor. Nos próximos dias um novo Pastor assumirá a liderança do Setor 18.
(Tiago Bertulino/CONFRADESP)

veja mais fotos em 

segunda-feira, 16 de julho de 2018

Henrique Meirelles (MDB) recebe oração para sua pré-candidatura à Presidência da República nas eleições 2018 na sede AD-Belém SP


A imagem pode conter: 3 pessoas
Em culto com lideranças da Assembleia de Deus do Belém, na capital paulista, o ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles (MDB) recebeu, nesta segunda-feira, 16, oração e apoio para sua pré-candidatura à Presidência da República nas eleições 2018.
O presidente da igreja, pastor José Wellington Bezerra da Costa, pediu orações da igrea à Henrique Meirelles; "Ao meu ver, ele é um candidato em potencial para ser o nosso futuro presidente da República", afirmou o pastor, dizendo acreditar que, depois do pleito de outubro, o País vai dar um "salto" de desenvolvimento.
O pastor presidente falou da capacidade de o ex-ministro em crescer na disputa eleitoral: "Capacidade administrativa ele tem, já demonstrou, de finanças ele conhece tudo, de maneira que para o momento do Brasil seria o homem ideal
Meirelles subiu ao púlpito do templo ao lado do ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Ronaldo Fonseca, que é membro da Assembleia de Deus.
A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas sentadas e área internaApós o discurso do pastor, o ministro Ronaldo Fonseca disse que, no meio dos evangélicos, os pastores não obrigam os fiéis a votar em ninguém, mas "orientam" sobre a melhor escolha. "Não é hora de aventura, não é hora de querer brincar com esse momento do nosso País", disse Fonseca.
Em sua fala, Meirelles pediu oração por ele e pelo País. O pré-candidato destacou seu trabalho no Ministério da Fazenda e disse que, "com fé e determinação" foi possível tirar o País da recessão.
"Esta palavra, esses princípios de retidão, honestidade, tudo na minha vida foi pautado por isso", destacou o ex-ministro. "Nunca houve uma acusação, uma palavra porque meus princípios de austeridade, de retidão são como os princípios ensinados pelo pastor José Wellington."
A jornalistas, ele disse que foi convidado para o culto e, como cristão, segue os mesmos princípios dos evangélicos.
Fonte Estadão

domingo, 15 de julho de 2018

Curso de Capacitação de Discipuladores


 
Aconteceu nos dias 07 e 14 o curso para formação de Discipuladores no Ministério do Belém em São Paulo. Foram 120 alunos que depois de 16 horas de aulas intensivas, saíram preparados para replicar os ensinamentos nos 90 setores da Grande São Paulo. As aulas foram gravadas em Full HD, para serem revistas e acompanhadas quando for necessário, e um Certificado foi confeccionado para homenagear o esforço dos alunos.
A equipe organizadora agradeceu a Deus em primeiro lugar, ao presidente do Ministério, pastor José Wellington Bezerra da Costa, pela iniciativa, aos oito professores, que dispuseram tempo e dedicação para ministrarem aos nossos corações, a toda equipe envolvida que trabalhou com afinco para que tudo fosse realizado com excelência, a todos os alunos, que abrilhantaram o evento, participando, contribuindo com ideias e principalmente com entusiasmo a tudo que viu nesses dois dias abençoados,e ao pastor Antonio Mardonio, nosso líder.
Os agradecimentos também foram aos pastores Joary e Mário Sérgio de Joinville, que inspiraram em muito que esse trabalho fosse realizado.
Deus abençoe ricamente a todos!
A Equipe Ceifeiros em Chamas
por Pastor Geisel
ACOMPANHE-NOS em 

sábado, 7 de julho de 2018

Feliciano Amaral parte para a Glória neste sábado 07/07/2018

Resultado de imagem para Feliciano Amaral

Feliciano Amaral nasceu na Cidade de Miradouro no estado de Minas Gerais.Filho de Júlio Augusto do Amaral e de Palmira Maria da Conceição, foi músico, sapateiro e cantor popular. Foi batizado em 7 de março de 1943, na Igreja Batista de Muriaé.
Já na cidade do Rio de Janeiro, estudou Teologia no Seminário Teológico Betel. Pastoreou várias igrejas inclusive a Primeira Igreja Batista da Pavuna, onde foi seminarista. Em 1947 casou-se com Elza Rocha do Amaral.
Começou as atividades como cantor evangélico em 1948,[1] com a gravação do 1º disco de 78 rpm do catálogo da gravadora Atlas, ligada à Convenção Batista Brasileira. Este é um dos primeiros registros sonoros de música evangélica do País, mesmo sendo antecedido de outras produções.
Em 1953 foi organizada a Primeira Igreja Batista de Croslandia com membros oriundos da Primeira Igreja Batista de Montes Claros-MG, O pastor Feliciano do Amaral e sua esposa Elza Rocha do Amaral desenvolveu um ministério até 1967 quando retornou a Belo Horizonte. a Primeira Igreja Batista de Coslandia foi a base para organizar outras igrejas na região. O templo foi reformado em 2008 pelo Pr. Cláudio Pereira da Costa com recursos do patrimônio histórico.
Conhecido como Rouxinol do Sertão, Feliciano Amaral participou da famosa cruzada do pastor norte-americano Billy Graham, no Rio de Janeiro, em 1974 no estádio do Maracanã.
Feliciano Amaral também está no Guiness Book como o cantor que está há mais tempo em atividade no mundo.[2] No meio evangélico, depois de Feliciano Amaral atuando como cantores vieram Luiz de Carvalho (in memoriam- gravando o 1º LP evangélico em 1958, intitulado “Musical Boas Novas”), Edgar Martins (in memorian), Josué Barbosa Lira (in memorian), Victorino Silva, dentre muitos outros pioneiros da música evangélica desta época.
Feliciano Amaral interpretou canções como: “Oração de Davi”, “Céu aberto”, “O mar”, “Ao meu Redor”, “O Rosto de Cristo”, “Rio Profundo”, “Sou Filho do Rei”, “O Jardim de Oração”, entre outras.
Em 2003 Feliciano Amaral recebeu um reconhecimento público, quando completou 83 anos, uma Moção de Aplausos e Congratulações da Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). A homenagem foi requisitada pelo deputado Aurélio Marques, como reconhecimento pela dedicação de Feliciano Amaral à obra de Deus e á música cristã.
Em 2007, o cantor gravou o primeiro DVD ao vivo de sua carreira, em Recife, na Igreja Missionária Canaã do pr. Geziel Gomes.
Em 2010, foi agraciado com a Medalha do Mérito Pedro Ernesto, a maior comenda da Cidade do Rio de Janeiro pelo transcurso de seus 90 anos, foi uma homenagem com a presença de mais de 500 pessoas em solenidade coordenada pelo Pastor Marcos Rodrigues Martins.
Após residir em Recife, sendo membro da Igreja Batista da Capunga, o pastor e cantor se mudou para a cidade de Porto Velho, para tratamento de saúde.

(FONT:https://pt.wikipedia.org e idosonews.com)

sábado, 23 de junho de 2018

19º UCAADVE - União do Conjunto de Adolescentes da Assembleia de Deus Vila Espanhola


O setor 18 - Vila Espanhola - sob responsabilidade do pastor Daniel Medeiros da Rocha deu abertura na noite de sexta feira (22) ao 19º UCAADVE - União do Conjunto de Adolescentes da Assembleia de Deus Vila Espanhola. o Tema deste conclave é ELE VIRÁ, 1 Tessalonicenses 4.16-17 

Na noite de abertura o culto foi dirigido pelos líderes dos adolescentes do setor, diac Tiago Albuquerque e diac Luiz Lima, sob a supervisão do pastor setorial. Após belos louvores entoados pelo grupo o pastor Adalto Silva -Líder dos adolescentes do ministério ministrou a Palavra. 
O evento acontece até o dia 24/06
Fotos Aguinaldo Lopes / Ismael Silva

A imagem pode conter: 8 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas

A imagem pode conter: 2 pessoas, sapatos

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sentadas, terno e casamento

Veja fotos publicadas em www.facebook.com/jornalnossosetor

sexta-feira, 22 de junho de 2018

37º Encontro de irmãs do Círculo de Oração do Ministério do Belém

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e multidão
A imagem pode conter: 14 pessoas, incluindo Rute Costa e José Roberto Freitas Pedro, pessoas em pé e flor
A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo
Há 37 anos atrás, era realizado o 1º Encontro do Círculo de Oração do Ministério do Belém, mesmo com o passar dos anos, o Senhor continua abençoando e sustentando estas irmãs ungidas e comprometidas com a obra de Deus.
Aconteceu na noite desta quinta-feira (21/06), a abertura do 37º Encontro do Círculo de Oração do Ministério do Belém, sob a coordenação geral da Irmã Wanda Freire da Costa. A primeira noite do encontro, contou com dezenas de irmãs que unidas adoraram e ouviram a preciosa palavra de Deus. 
O encontro teve sua abertura realizada pelo Pastor José Wellington Bezerra da Costa, Presidente do Ministério do Belém e CONFRADESP e ministrando a palavra do Senhor, o Pastor Nilson Gomes e louvando a Deus, a cantora Sarah Farias.

Uma noite abençoada, agradável e inesquecível. Deus se fez presente e o nome do Senhor foi glorificado!
Texto Fabio Rubemar / FB Marta Costa
veja Fotos do evento em www.facebook.com/jornalnossosetor
ASSISTA OS CULTOS AO VIVO




terça-feira, 19 de junho de 2018

Assembleias de Deus no Brasil celebram 107 anos de fundação

Em 18 de junho de 1911, foi instituída a primeira Assembleia de Deus, em Belém do Pará

Assembleias de Deus no Brasil celebram 107 anos de fundação
Na segunda-feira, 18 de junho, as Assembleias de Deus no Brasil completou 107 anos de fundação. Tudo começou com a vinda de dois missionários suecos que antes de chegarem ao Brasil visitaram o movimento de despertamento e avivamento espiritual da Rua Azuza em Los Angeles, EUA.
Daniel Berg e Gunnar Vingren atenderam a chamada missionária ao receberem uma revelação de Deus acerca do Pará. Porém, ambos não sabiam onde ficava. Ao pesquisarem no mapa descobriram que se tratava da região norte de nosso país. Obedecendo ao “ide” chegaram a terras brasileiras em 19 de novembro de 1910.
A princípio reuniram-se com as igrejas batistas aqui já instaladas, mas como traziam na bagagem a doutrina pentecostal do batismo no Espírito Santo com a evidência do falar em línguas e a atualidade da concessão de dons espirituais como nos tempos apostólicos, não demorou para que o Senhor Jesus começasse a batizar os membros daquela igreja que, não aceitando a nova doutrina, decidiram desligar da comunhão os crentes que se uniram aos missionários. Entre eles, a irmã Celina Albuquerque, que na madrugada de 02 de junho de 1911 recebeu o batismo no Espírito Santo e falou em línguas conforme a promessa descrita no livro do profeta Joel 2 e seu cumprimento em Atos dos Apóstolos 2. Ela foi a primeira crente da igreja Batista de Belém a ser batizada. Logo outros foram batizados também. Um total de 13 membros deixou a igreja Batista em Belém do Pará para juntar-se aos missionários e fundarem em 18 de junho de 1911 a igreja Missão da Fé Apostólica.
Reunidos na casa da irmã Celina, por sugestão de Gunnar Vingren, em 18 de janeiro de 1918, registrou-se a igreja Assembleia de Deus, nome que traz até hoje. Tendo origem no movimento pentecostal do início do século XX na América, as Assembleias de Deus do Brasil, cresceram nos moldes da igreja do Novo Testamento, onde os discípulos cheios do Espírito Santo levaram o Evangelho a todo o mundo.
Não muito tempo depois, as Assembleias de Deus chegaram aos grandes centros urbanos das regiões Sul e Sudeste, como Porto Alegre, São Paulo e Belo Horizonte. Em 1922, chegou ao Rio de Janeiro, no bairro de São Cristóvão, e ganhou impulso com a transferência de Gunnar Vingren, de Belém (PA) em 1924, para a então capital da República.
Desde 1930, quando se realizou a primeira Convenção Geral dos pastores na cidade de Natal (RN), as Assembléias de Deus no Brasil passaram a ter autonomia interna, sendo administrada exclusivamente pelos pastores residentes no Brasil, sem, contudo perder os vínculos fraternais com a igreja na Suécia. A partir de 1936 a igreja passou a ter maior colaboração das Assembléias de Deus dos EUA através dos missionários enviados ao país, os quais se envolveram de forma mais direta com a estruturação teológica da denominação.
Em virtude de seu fenomenal crescimento, principalmente depois dos anos 90 com a criação e ação da chamada Década da Colheita, iniciativa das Assembléias de Deus, os pentecostais começaram a fazer diferença no cenário religioso brasileiro. A Assembleia de Deus é hoje a maior denominação evangélica do país, com representação em todas as camadas da sociedade, tendo templos em quase todas as cidades brasileiras.
Fonte: Editora CPAD / CPADNEWS

segunda-feira, 18 de junho de 2018

COMADERJ deixa CADB, pede reconciliação e solicita retorno aos quadros da CGADB


 Convenção de Ministros das Assembleias de Deus do Estado do Rio de Janeiro (COMADERJ), presidida pelo Pastor Jonas Francisco de Paula, pediu, no dia 03 de fevereiro deste ano, a desfiliação dos quadros da CGADB e anunciou filiação à Convenção da Assembleia de Deus no Brasil (CADB), liderada pelo pastor Samuel Câmara.
No entanto, no último dia 06 de Junho, mediante ofício assinado pelo pastor Jonas Francisco, foi protocolado o pedido de revogação de sua saída dos quadros da CGADB.
Em reunião realizada nesta terça-feira (12), na sede administrativa da CGADB, acompanhado de membros da Diretoria, presidentes de Conselhos, Comissões e Pastores Presidentes de ministérios ligados à COMADERJ, após pedido de perdão e reconciliação por parte do pastor Jonas Francisco, ele pediu ao pastor José Wellington Júnior pessoalmente que fosse revogado o seu pedido de desligamento da CGADB.
Segundo a assessoria da CGADB, o clima foi fraterno entre o pastor Wellington Júnior e o pastor Jonas Francisco, líder da COMADERJ.
Segundo a CGADB, o pastor Wellington Júnior ouviu atentamente o pedido e recebeu toda documentação para que seja apreciada pela Mesa Diretora na próxima reunião. O encontro foi encerrado com um café da manhã organizado pela CGADB.
Pr. Wellington Júnior comenta
Em entrevista, o pastor Wellington Júnior afirmou que ele e o pastor Jonas Francisco são amigos há longos anos, e ressaltou a sua liderança.
Decisão nobre
"Ele foi corajoso para tomar a decisão de sair e foi corajoso para tomar a decisão de voltar. Então, ele demonstrou uma nobreza, uma preocupação, não com ele pessoalmente, mas com a entidade que ele comanda, e essa decisão deve refletir em todo o Brasil. [..] Estamos bem, nunca tivemos um arranhão e agora é hora de continuar aquilo que Deus quer que façamos”, disse pastor Wellington Júnior.
Pastor  Wellington Júnior disse ainda que está trabalhando para que a CGADB esteja mais próxima dos convencionais: "Estamos com alguns projetos para trazer modernização  à administração, à sua postura em relação ao Brasil […] fazer com que todos os obreiros de todo o Brasil se sintam da CGADB e considerados e respeitados pela CGADB, esse é o nosso lema".
Retorno de novas Convenções
Perguntado se será possível receber novas convenções que deixaram os  quadros da CGADB, pastor Wellington Júnior disse que será analisado caso a caso perante a Mesa Diretora da CGADB.

Fonte: Point Rhema / JM Notícia