Fatores Que Geram Depressão

As causas que geram depressão são multifatorias, podendo ser questões emocionais, genéticos, neuroquímicos e espirituais.

Para a psicologia a depressão normalmente está relacionada com experiências de perdas significativas no decorrer da vida e mediante a tais perdas o individuo não consegue reagir, desencadeando um quadro depressivo.

Dentro desta perspectiva em que a psicologia relaciona a depressão a questões emocionais não elaboradas, fica evidente o quanto é relevante o papel das figuras parentais no processo educacional dos filhos. Pois medida que os cuidadores educam as crianças preparando-as para as frustrações, perdas e respostas negativas que a vida lhes apresentará, aumenta a capacidade deste sujeito saber lidar com as dificuldades que surgirão no decorrer da vida. 

Aspectos genéticos também podem desencadear depressão, conforme consta em algumas pesquisas, pessoas que tem parentes de primeiro grau com diagnóstico de depressão tem três vezes mais chances de ser acometido com esta doença do que uma pessoa que não tem familiares de primeiro grau nesta condição.

Partindo do principio que a depressão é uma doença, encontramos precedente bíblicos que há enfermidade que são causadas por ações demoníacas como abordaremos mais a frente.

Vale ressaltar que mesmo existindo um fator que desencadeou a depressão, posteriormente haverá um comprometimento em outras áreas, se o fator que desencadeou o quadro depressivo foi uma questão emocional não elaborada de maneira adequada, por conseqüência haverá um comprometimento biológico, neuroquímico e espiritual.

A psicoterapia breve que é uma das abordagens da psicologia divide a vida em quatro áreas, são elas: orgânico, afetivo relacional, produtividade e sócio cultural. Dependendo do tipo e do grau da depressão, o deprimido poderá ter um comprometimento no seu organismo, nas suas relações interpessoais, nas suas atividades laborais e nos relacionamentos interpessoais.

 

Sintomas da Depressão

Os Critérios indicados pelo CID 10 Classificação Internacional de Doenças, para o diagnóstico da depressão são:

Sintomas fundamentais:

  • humor deprimido.
  • perda de interesse.
  •  

 

Sintomas acessórios:

  • redução da concentração e da atenção.
  • diminuição da auto-estima e da autoconfiança.
  • ideias de culpa e inutilidade.
  • visões desoladas e pessimistas do futuro.
  • perturbação do sono.
  • diminuição ou aumentodo apetite.
  • automutilação.
  • ideias de suicídio.

A combinação entre sintomas fundamentais e acessórios definirá o grau da depressão, se é leve, moderada ou grave.

A depressão é considerada como leve quando o individuo apresenta 2 sintomas fundamentais e 2 acessórios.

Moderado quando o individuo apresenta 2 sintomas fundamentais e 3 ou 4 acessórios.

Grave quando o individuo apresenta 3 sintomas fundamentais e 4 ou mais acessórios. 

Entre os sintomas acessórios aparecem as idéias de suicídio que comumente aparecem em depressões moderada e grave. Tem crescido consideravelmente os índices de suicídio em todo o mundo, estima-se que aproximadamente 800.000 mil pessoas cometam suicídio todos anos ao redor do mundo.

O DSM V oficialmente publicado em 18 de maio de 2013 é a mais nova edição do Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais da Associação Psiquiátrica Americana. Diz que estes sintomas devem estar presentes por duas semanas ou mais para que seja caracterizado de fato um quadro depressivo.

 

Formas de Depressão

Existe várias forma de depressão. A classificação pode ser feita de acordo com a sua causa e duração, assim como os sintomas que o paciente apresenta.

 

Principais tipos de depressão

1 – depressão pós-parto: surge após o parto e gera sintomas como tristeza, irritabilidade ou rejeição ao bebê.

2 – depressão maior: Surge quando o individuo apresenta cinco ou mais sintomas da doença durante mais de duas semanas, o que compromete a sua atividade diária.

3Bipolar: A depressão ou transtorno bipolar, conhecido antigamente como psicose maníaco depressiva, caracteriza-se por mudanças constantes no humor dos indivíduos, variando entre depressão profunda e alegria excessiva.

4 – depressão reativa: surge após um acontecimento estressante como, por exemplo, morte de um familiar, divórcio, perda de emprego, para o qual o individuo não conseguiu reagir.

5 – distimia: a distimia é uma forma crônica de depressão, porém menos grave do que a forma mais conhecida da doença. A pessoa apresenta vários sintomas típicos de depressão durante mais de dois anos, sendo o principal a tristeza constante. O individuo pode perder o interesse nas atividades diárias normais sentir-se sem esperança, ter baixa produtividade e um sentimento geral de inadequação, além de ser considerada uma pessoa excessivamente critica que reclama constantemente e é incapaz de divertir-se. 

6 – depressão atípica: a depressão atípica é uma forma de depressão caracterizada por sintomas contrários aos da depressão normal, tendo a paciente maior necessidade de dormir, comer ou ter contato intimo.

7transtorno afetivo sazonal – o tas ou depressão de inverno, ocorre quando há mudanças de estação devido a falta de sol, tendo como sintomas fadiga, tendência a comer muito doce e a sonolência. Este tipo de depressão é mais forte em países onde o inverno é mais rigoroso e os dias mais escuros e caracteriza-se por alterações de humor e diminuição de energia. É mais freqüente em mulheres do que em homens, estatísticas mostram que para cada homem afetado, existem 4 mulheres.      

8 – síndrome pré-menstrual: a TPM é caracterizada por sintomas muito abrangentes presentes na depressão, além de sintomas como, por exemplo, irritabilidade, fadiga, dor nas mamas, distensão abdominal, dor de cabeça, inchaço, ganho de peso e acne discreta.

9 – depressão psicótica: na depressão psicótica, o individuo, além de apresentar sintomas característicos de depressão, tem também delírios e alucinações.    

 

Psicólogo: Vinícius Carlos da Silva

CRP: 06/115803

Aguinaldo Lopes

Aguinaldo Lopes


Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *