Culto de ceia na sede do Belém-SP – presencial

As atividades religiosas não estão proibidas no país. Um decreto presidencial de 26 de março incluiu as igrejas entre os serviços essenciais que funcionam na quarentena.

O templo tem capacidade para aproximadamente 5 mil pessoas. Nos cálculos do Pastor Marco Almeida, secretário adjunto do Ministério do Belém da Assembleia de Deus, o culto teve a presença de 300 fieis.

O encontro começou por volta das 9h e foi conduzido pelo pastor presidente do ministério José Wellington Bezerra da Costa,  e contou com a participação do coral e orquestra, e dos grupos de jovens e adolescentes.

O culto também virou destaque da matéria da Veja-SP que destacou a fala do pastor José Wellington: “A ausência aos nossos cultos por tantos longos dias nos faz sentir a falta do amor e da fraternidade que existe em nossos corações”, dizia a mensagem.

Desde o início da quarentena, essa é a primeira vez que o templo do Belém, um dos maiores da cidade, celebra a Santa Ceia do Senhor, um encontro mensal do grupo. Em abril, a reunião tinha sido adaptada: os fieis passavam por um “drive-thru” no estacionamento do local e recebiam um “kit da Ceia” (um pão e um cálice de suco de uva), para depois acompanhar de casa, pela internet, a pregação do pastor.

A Assembleia de Deus ainda não definiu se as Ceias mensais passarão a acontecer de forma regular, mas as autoridades religiosas que falaram com a reportagem no Belém dizendo que outros cultos públicos voltaram a ocorrer seguindo as orientações de segurança com distanciamento, alcool gel na entrada e saida dos templos e todos fazendo o uso de máscaras.

OUTRAS INFORMAÇÕES EM: www.facebook.com/jornalnossosetor
Aguinaldo Lopes

Aguinaldo Lopes


Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *