Igreja doa cilindros de oxigênio para hospital que atende pacientes com covid

A Primeira Igreja Batista de Parintins, no Amazonas, doou cilindros de oxigênio para ajudar o Hospital Municipal de Juruti, Pará, no tratamento de pacientes com a covid-19. A doação foi feita na última segunda-feira (15) ao pastor Obadias Brelaz Pereira.

Ao todo, foram doados 10 cilindros à unidade hospitalar através de transporte fluvial. A doação foi possível por conta da iniciativa de membros em contribuir com o projeto de ajuda no combate à pandemia. A doação foi entregue pela Primeira Igreja Batista de Juruti.

“Louvado seja Deus! Hoje recebemos da Primeira Igreja Batista de Parintins por intermédio do pastor Elmer 10 cilindros com oxigênio para ajudar o nosso Hospital Municipal de Juruti. Agradecemos com muita alegria, a força que esta Igreja e seus parceiros têm nos prestado”, disse o pastor Obadias Brelaz no Facebook.

O pastor também agradeceu pelo trabalho realizado em todo Amazonas e Pará. “A PIB de Juruti agradece a Deus pelo trabalho realizado não somente em Parintins mais em muitas cidades do Amazonas e Pará”, finalizou o pastor.

 

No último boletim, o hospital tinha, até o dia 15 de março, três pacientes com covid-19 internados. O município contava com 3.337 casos confirmados da doença, sendo que 2.970 se recuperaram e 137 vieram a óbito.

Exemplo na pandemia

A ação das igrejas no combate ao coronavírus ganhou destaque no Brasil e em diversos países do mundo, já que além da ajuda aos necessitados, líderes evangélicos se concentraram em dar supor ao Estado, disponibilizando pessoal e estrutura para atender pessoas em lugares distantes.

Algumas igrejas chegaram a abrir seus templos para atendimento médico voluntário, como no caso da Igreja Morada de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. A igreja decidiu abrir seu templo para receber o Polo Morada do movimento Médicos pela Vida Brasil.

Fonte:GospelPrime 

Aguinaldo Lopes

Aguinaldo Lopes


Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *